Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

TERÇA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2017

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

12 de NOVEMBRO de 2017

Futuro de William Waack na Globo será decidido em 2018

William Waack, acusado de racismo, terá futuro na Globo determinado em 2018, de acordo com coluna 'Zapping' do jornal 'Agora São Paulo' neste sábado, dia 11 de novembro de 2017 - Crédito: Foto: Divulgação, Globo / PurePeople

Desde que William Waack foi afastado do "Jornal da Globo" depois de ser acusado de racismo por um vídeo vazado na web no qual aparece fazendo comentários preconceituosos, o futuro do jornalista ainda é incerto na emissora. E, de acordo com a coluna "Zapping", do jornal "Agora São Paulo", a definição sobre o que acontecerá com o veterano acontecerá apenas em 2018.

Correspondente internacional ou fim de contrato
 
Diante da repercussão do vídeo polêmico, que chegou a virar assunto na imprensa internacional, a Globo ainda estaria analisando duas possibilidades para Waack: pela primeira, o jornalista, recuperado de um cateterismo realizado em julho, voltaria a ser correspondente internacional depois de um período fora da TV. Mas a possibilidade do fim do contrato, por conta da "cláusula de moralidade" nele contida, também é avaliada, pois suas opiniões no vídeo poderiam ser consideradas prejudiciais para o canal.
 
Após estrear como apresentadora no "Jornal Hoje", Maju Coutinho foi lembrada na web como uma possível sucessora de Waack na bancada do jornal da madrugada. "A Globo acerta ao afastar William Waack. Racismo não pode ser tolerado. Melhor gesto seria a Maju apresentar o telejornal", opinou um internauta. "Agora é a chance da Globo colocar a Maju na bancada, mais justo", escreveu outro. "Maju no lugar do William Waack para dar um tapa na cara dos racistas", tuitou um terceiro.
 
Autores de vazamento explicam decisão: 'Expor'
 
Ex-funcionários da Globo, Diego Rocha Pereira e Robson Cordeiro foram os responsáveis pela divulgação do vídeo, filmado nos bastidores. Com medo de possíveis retaliações, os dois ficaram cerca de um ano com o material guardado. "Na época trabalhava na Globo, tentei repassar e ninguém aceitou. Meu celular foi furtado no Carnaval e perdi o vídeo. O Robson também. Ele comprou um celular novo e no backup das atualizações o vídeo voltou. Há uns dois meses atrás ele decidiu publicar", contou Diego, acrescentando que não quis lucrar com o material: " A ideia era expor e nenhum benefício de dinheiro. Se fosse isso, teríamos tentado subornar ou vender para alguma emissora".


Fonte: Terra



» VEJA TAMBÉM!
POLíCIA  21/11/2017
Dourados- PMA captura sucuri de 3,5 metros (Vídeo)
POLíCIA  21/11/2017
Naviraí – Após desentendimento homem é assassinado a facadas   [...]
POLíCIA  21/11/2017
Naviraí - Homem é encontrado morto dentro de quarto
POLíCIA  21/11/2017
Casal fica ferido depois de carro capotar e sair da pista
POLíCIA  21/11/2017
Pasta base de cocaína que seria comercializada no Maranhão é apre  [...]

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909