Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

SEGUNDA FEIRA, 15 DE OUTUBRO DE 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

04 de ABRIL de 2018

Liverpool marca três vezes no 1º tempo para vencer Manchester City

A segunda vitória por 3 a 0 nas quartas-de-final da Liga dos Campeões ficou por conta do Liverpool. Nesta quarta-feira, os Reds receberam o Manchester City e venceram pelo mesmo placar de Real Madrid e Juventus na terça-feira (3). Todos os gols foram no primeiro tempo.

O time de Pep Guardiola controlou o jogo nos primeiros minutos, mas foi engolido pelo ataque fulminante dos Reds. Salah, Mané e Firmino não tiveram problemas para furar a defesa adversária no primeiro tempo e foram para o intervalo com 3 a 0 no placar.

Já no segundo tempo, o Liverpool, que perdeu Salah por lesão, se preocupou mais em conter o ataque do City, que tentava a todo custo diminuir a desvantagem. No entanto, os visitantes não demonstraram eficiência nas chances criadas e não conseguiram furar a sólida defesa do time de Klopp.

As equipes decidem a vaga nas semifinais na próxima terça-feira, às 15h45 (de Brasília), em Manchester. Para evitar a eliminação, os comandados de Guardiola têm de vencer por pelo menos três gols de diferença.

O jogo — Jogando em casa, o Liverpool tomou a iniciativa e pressionou nos primeiros toques. No entanto, o Manchester City logo impôs seu estilo de jogo, controlando a posse de bola e marcando a saída de bola no campo do adversário. Já o time de Jurgen Klopp apostava em contra-ataques.

E foi justamente em um contra-ataque que o Liverpool, apesar de acuado, saiu na frente. Aos 11 minutos, Salah foi lançado na ponta direita e serviu o brasileiro Firmino, que chutou para boa defesa do compatriota Ederson. Mas no rebote, foi a vez de Firmino rolar para Salah, que abriu o placar para os Reds.

Os Citizens responderam no lance seguinte, quando Sané recebeu no meio-campo, carregou a bola até a entrada da área e chutou rasteiro rente à trave. Mas os donos da casa, embalados pelo primeiro gol, passaram a pressionar em busca do segundo gol.

Melhor em campo, o Liverpool ampliou a vantagem aos 17 minutos em momento de rara felicidade de Oxalade-Chamberlain. Milner venceu dividida e conseguiu rolar para o meia que, na intermediária, soltou um pombo sem asa e marcou um golaço.

Quem pensou que o Liverpool diminuiria o ritmo com dois gols de vantagem se enganou. Os donos da casa chegaram ao terceiro gol do jogo aos 31 minutos quando Salah, autor do primeiro gol, cruzou pela direita na cabeça de Mané. O senegalês cabeceou firme, para o chão, sem chances para Ederson e fez 3 a 0 para o Liverpool.

Com três gols de desvantagem, o time de Pep Guardiola teve de sair para o jogo, mas não conseguia levar perigo considerável ao gol de Karius. O City, que abusava dos cruzamentos e chutes de longe, não conseguiu diminuir a desvantagem antes do final do primeiro tempo.

De volta dos vestiários, o Liverpool sofreu importante baixa logo nos primeiros minutos. O craque Salah sentiu e foi substituído pelo volante Wijnaldum, avançando Oxalade-Chamberlain para o setor ofensivo e fechando o meio-campo.

Com a alteração, o Manchester City ficou mais à vontade para atacar, mas não demonstrava eficiência. Mané e Gundogan tiveram chances de dentro da área, mas não acertaram o gol. Tentando aumentar a pressão sobre os adversários, Guardiola colocou o atacante Sterling no lugar do meio-campista Gundogan aos 11 minutos.

Com o Liverpool fechado e o City pouco inspirado, o nível da partida caiu. Aos 29 minutos, Gabriel Jesus finalmente teve sua primeira chance no jogo. Após cruzamento de Sterling pela direita, o atacante da Seleção Brasileira finalizou sem jeito e para fora.

Aos 38 minutos, os Citizens conseguiram balançar a rede, mas o gol foi anulado por impedimento de Sané. O alemão, centímetros à frente da defesa, recebeu pela esquerda e lançou Gabriel Jesus. O camisa 33 finalizou para o gol, mas o jogo já estava parado.

Nos últimos minutos, a blitz pelo gol de honra continuou, mas o resultado se manteve o mesmo do primeiro tempo após o apito final: 3 a 0 para o Liverpool, que coloca um pé nas semifinais.



Fonte: Agência Brasil



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  15/10/2018
Cursilho e forças de segurança pública de Naviraí promovem comem  [...]
GERAL  15/10/2018
Bolsonaro e Haddad intensificam as agendas a 13 dias do segundo turn  [...]
GERAL  15/10/2018
Adolescente de 14 anos é apreendido após invadir e furtar residên  [...]
GERAL  15/10/2018
Irmão entrega homem à polícia depois de briga e morte em pousada  [...]
GERAL  15/10/2018
Príncipe Harry e Meghan Markle esperam o primeiro filho

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909