Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

SÁBADO, 17 DE NOVEMBRO DE 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

17 de MAIO de 2018

Justiça liberta envolvido em esquema de “penhor do tráfico”

Foto: Osvaldo Duarte

A Justiça concedeu nesta quarta-feira (16/5), liberdade a Carlos Vieira de Aguiar Júnior, 39, suspeito de envolvimento num esquema de ‘penhor’ de veículos para a aquisição de drogas. 

Ele foi preso na terça-feira em Dourados, junto de seu sócio, Cláudio Rodrigues, 43. Antes, policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais) chegaram a Thiago Henrique Benitez Pádua, 32 e com ele apreenderam 1,3t de maconha guardada dentro de sua casa, no Residencial Esplanada.

Segundo o documento anexado ao processo, o juiz Marcus Vinicius de Oliveira Elias diz que não há motivos para ‘decretar a segregação cautelar do indiciado Carlos, porquanto não fora implicado pelos demais indiciados, nem tampouco possuía drogas ou armas em sua residência”. O pedido foi feito pelos advogados Rubens Saldivar e Celso Berthe.

Apesar da liberdade de Carlos, os outros dois envolvidos tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça. Além da maconha e um GM Prisma, apreendidos com Thiago, a polícia encontrou três armas que seriam de propriedade de Cláudio. 

O caso

A ação que resultou na prisão do trio foi realizada na terça-feira (15/5) e segundo o delegado do SIG, Rodolfo Daltro, a polícia tinha o conhecimento de que Thiago possuía uma caminhonete GM S10, porém, durante as apurações, descobriu-se que ele havia deixado o veículo em uma garagem de venda de carros, localizada na rua Coronel Ponciano, como garantia para empréstimo de dinheiro para compra de mais entorpecente. 

Os policiais foram até o local, identificaram os proprietários — Cláudio Rodrigues e Carlos Vieira — e durante vistoria, encontraram dois revólveres, muito dinheiro e vários documentos. 

Segundo Daltro, a finalidade da garagem não seria de comercialização de carro e sim como uma espécie de “casa de penhor”. 

A dupla recebia os veículos para assegurar os empréstimos de dinheiro com finalidade de aplicação no comércio ilegal de entorpecente.

Os investigadores foram também até a casa de Cláudio onde mais uma pistola foi encontrada e em diligências na residência do sócio Carlos, mais dinheiro e outros documentos foram apreendidos.


Os empresários foram autuados e Cláudio também recebeu flagrante por posse ilegal de arma de fogo. 



Fonte: Dourados News



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  17/11/2018
Cobra ataca gato em residência e é capturada pela polícia
GERAL  17/11/2018
Em MS há 5 anos, médica cubana lamenta ter de voltar para casa
GERAL  17/11/2018
Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecime  [...]
POLíCIA  17/11/2018
Mulher é presa na MS-164 tentando levar droga para Mato Grosso
GERAL  17/11/2018
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Teme  [...]

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909