Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

TERÇA-FEIRA, 21 DE AGOSTO DE 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

08 de JUNHO de 2018

Casal recebe multa de IPVA de veículo roubado há 10 anos

Emerson dos Santos, esposo de Maria Cícera teve o nome negativado no Serasa - Foto: Arquivo pessoal

Depois de ter o carro roubado há 10 anos, o casal Maria Cícera Pereira e Emerson dos Santos, não esperava ter notícias do bem perdido, da forma como aconteceu. Ao preencherem um cadastro para emissão de um cartão de compras, ficaram sabendo que havia uma restrição financeira no valor de R$ 5 mil reais em Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). 

Maria Cícera relata que ao se dirigir no Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran/MS) constatou que o veículo VW Gol, modelo 2006 e placa de Campo Grande (MS), roubado em 2008 foi apreendido um ano depois em uma blitz porque o condutor não tinha habilitação. 

"É muito frustante ter uma informação como esta, já que registramos boletim de ocorrência e ficamos quatro anos sem carro e pagando financiamento de um produto que poderia ter sido recuperado. Faltou boa vontade de alguém na instituição para avisar os proprietários", desabafa. 

A coordenadora de promoção destaca que entrou com uma ação judicial contra o Detran/MS e espera que a justiça seja feita, ainda que depois de tanto tempo. "Na tabela de mercado (Fipe), o modelo desse carro custaria R$ 17 mil, no entanto, quando nós compramos ele só tinha dois anos de uso, então isso deveria ser levado em conta", argumenta. 

Maria Cícera confirma que nunca recebeu contato do Detran ou da Delegacia e que os dados pessoais estão atualizados no sistema de segurança pública.

"As pessoas dizem que isso só acontece no Brasil, mas, este pensamento não pode continuar. É preciso que as leis sejam cumpridas e os direitos dos cidadãos atendidos. Quando cheguei no pátio não encontrei meu gol vermelho, mas, uma carcaça batida, enferrujada, sem as rodas e bancos. O alerta que faço é quantos cidadãos foram lesados como eu e meu esposo, por isso, vamos lutar por nossos direitos", finaliza.

Até o fechamento desta reportagem não obtivemos nota retorno do Detran/MS sobre o assunto. 



Fonte: Correio do Estado



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  21/08/2018
Motociclista ateia fogo em carro de garagem de veículos
GERAL  21/08/2018
Parcelamento de multas no cartão ainda não está valendo
GERAL  21/08/2018
Tire suas dúvidas sobre as vacinas contra sarampo e poliomielite  [...]
GERAL  21/08/2018
Intolerância à lactose e alergia ao leite: entenda as diferenças  [...]
GERAL  21/08/2018
Governo Temer pede que STF negue pedido para fechar fronteira de Ror  [...]

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909