Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

QUINTA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

11 de JUNHO de 2018

Policia Militar da reserva é executado a tiros em Campo Grande

Carro que policial dirigia ficou com a frente destruída após bater em muro (Foto: Saul Schramm)

 

Ilson Martins de Figueiredo, 62 anos, 1º sargento da reserva da polícia militar, foi executado a tiros de fuzil na manhã desta segunda-feira (11), na Avenida Guaicurus, no Jardim Moema, em Campo Grande. Ele era Gerente de Segurança e Polícia Legislativa da Assembléia, há 4 anos.

A vítima seguia no veículo Kia Sportage, de cor branca, sentido bairro, quando foi atingida pelos disparos, perdeu o controle da direção e derrubou o muro de um comércio. O porta do motorista do veículo de Ilson foi atingido por pelo menos 35 tiros de fuzil AK 47 e fuzil 556.Ele morreu na hora.

O automóvel com várias marcas de tiros ficou atravessado na pista. Um revólver foi encontrado no carro da vítima. O veículo está em nome de um funcionário da Assembléia Legislativa de Campo Grande. O trânsito foi interditado no trecho para trabalhos da Polícia Civil e Perícia Técnica.

Os atiradores que interceptaram e fuzilaram o Kia Sportage conduzido pelo 1º sargento, ocupavam uma picape Fiat Toro, de cor vermelha, a mesma que foi encontrada incendiada nesta manhã em uma estrada vicinal, que fica na região da BR-163, na saída para São Paulo, em Campo Grande.

Segundo uma testemunha, que terá o nome e profissão preservados, ele chegava para trabalhar quando avistou o carro da vítima e a Fiat Toro em seguida. “Escutei um monte de estalo. Pensei em falar que era barulho de metralhadora, foi quando o carro bateu no muro e os caras desceram da picape e continuaram metendo bala”, diz.

Na sequência, uma caminhonete Toyota Hilux Sw4 branca, reduziu a velocidade e subiu no canteiro central. A suspeita é de que o veículo dava cobertura aos atiradores. Ele contou ainda que no momento do crime o trânsito era intenso no local. Após a ação, os carros fugiram em alta velocidade. A testemunha, então, acionou o socorro e a polícia.

 



Fonte: Campo Grande News



» VEJA TAMBÉM!
POLíCIA  21/06/2018
Caminhão abandonado é encontrado pela PRF com três toneladas de m  [...]
POLíCIA  21/06/2018
Homem é atacado por touro no Pantanal e é resgatado por helicópt  [...]
GERAL  21/06/2018
Potencial para transformação de biomassa em energia é amplo em MS  [...]
POLíCIA  21/06/2018
Caminhoneiro é multado e tem veículo apreendido com carga de madei  [...]
POLíCIA  21/06/2018
Pistoleiro confessa crime e garante que não sabia que alvo era um p  [...]

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909