Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

TERÇA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

10 de AGOSTO de 2018

Abates de frango diminuem pelo 3º mês consecutivo em todo país

Setor produtivo ainda se recupera dos embargos e paralisação dos caminhoneiros - Foto: Divulgação

O levantamento trimestral do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira (9), dados de abates na pecuária brasileira (bovinos, suínos e avicultura), além da produção de leite, couro e ovos. 

Pelo terceiro trimestre seguido, o abate de frangos obteve queda, com retração de 8,3%, em relação ao período anterior e queda de 5,4% na comparação com o mesmo período de 2017. O acumulado das carcaças é de 3,33 milhões de toneladas, no 2º trimestre de 2018. 

 No entanto, apesar da queda no abate, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), divulgou no início de agosto que as exportações brasileiras de carne de frango tiveram crescimento de 20,6% em julho, somando 463,1 mil toneladas. Segundo a associação os números retratam o maior fluxo mensal de embarques já registrado na história do setor. 

O salto nas exportações geraram receita de US$ 711,6 milhões, desempenho 15,7% acima do alcançado em julho do ano passado, com US$ 614,8 milhões.

“O número de exportações em patamar recorde é consequência direta do reestabelecimento dos níveis dos embarques nos portos após o fim dos bloqueios nas estradas, bem como da normalização do fluxo de dados no novo sistema de coleta de informações do MDIC.  Ao mesmo tempo, mostra uma rápida resposta do setor ao apoio do Governo, após os impactos da greve dos caminhoneiros”, analisa Francisco Turra, presidente da ABPA.

Com o número significativamente maior das exportações do mês passado, o saldo dos embarques registrados em 2018 reduziram os níveis de perdas acumuladas na comparação com o ano anterior. 

Entre janeiro e julho deste ano, foram exportadas 2,3 milhões de toneladas, volume 8,2% abaixo das 2,505 milhões de toneladas efetivadas nos sete primeiros meses de 2017 (entre janeiro e junho, a retração era de 13,5%). A receita das vendas internacionais neste ano totalizaram US$ 3,675 bilhões, número 12,4% menor que os US$ 4,197 bilhões obtidas no ano passado.

“Considerando a data de início da nova metodologia, o acumulado em exportações de carne de frango alcançou até aqui médias mensais superiores a 320 mil toneladas, ritmo próximo dos padrões normais para o setor de carne de frango. Além disto, se somados os últimos dois meses, a média registrada também indica recuperação do fluxo de exportação próximo de 350 mil toneladas”, ressalta Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA.



Fonte: Correio do Estado



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  14/08/2018
Fapems não se posiciona sobre problemas em concurso da PM
GERAL  14/08/2018
Servidor que facilitava esquema de sonegação ganhava o dobro do go  [...]
POLíCIA  14/08/2018
Polícia prende passageiro de ônibus e apreende drogas que seriam l  [...]
GERAL  14/08/2018
Rapaz foi morto com duas facadas no pescoço
GERAL  13/08/2018
Naviraí - Mundial Cursos abre inscrições para 09 cursos profissio  [...]

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909