Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

SEXTA-FEIRA, 14 DE DEZEMBRO DE 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

26 de SETEMBRO de 2018

Em uma semana, denúncias eleitorais aumentam mais de 50% em MS

Denúncias aumentaram 50% em MS - Crédito: Divulgação

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul registra 63 denúncias de irregularidade em campanha eleitoral sendo estas em 16 cidades. Faltam 12 dias para o primeiro turno da eleição e o número contou com aumento de pouco mais de 50% se comparado com a semana anterior quando contava com 41 registros.

A maioria das denúncias é referente a propaganda eleitoral por mensagens eletrônicas e telemarketing com 16 no total. O número de denúncias referente a propaganda mediante distribuição de material gráfico fica próximo a esse, sendo 15 no total. 

Por acusação de compra de voto, arrecadação ou gastos ilícitos em campanha são oito registros. Denúncia de propaganda em bens de uso comum (cinemas, clubes, lojas, centros comerciais) também somam oito. 

O TRE concentra quatro denúncias em MS por propaganda mediante inscrição ou pintura nas fachadas, muros ou paredes e exposição de placas, estandartes, faixas, cavaletes, bonecos ou assemelhados. 

Denúncias por propaganda eleitoral por meio de outdoor somam três e por propaganda ao longo das vias públicas (mesas com material gráfico e bandeiras) também somam três. 

Existe ainda registro de denúncia por meio de carreatas, passeatas, em realização de debates ou entrevista com partidos, coligações ou candidatos, por propaganda intrapartidária e propaganda antecipada e por meio de carro de som, minitrio, alto falantes e amplificadores de som.

Campo Grande possui 41 dos registros de denúncias totalizadas, ou seja, mais de 65% dos casos.

Dourados conta com duas denúncias sendo estas por propaganda em bens de uso comum. 

Confira na tabela, outras cidades que possuem denúncias e quantas são. 

As práticas de campanha eleitoral possuem limites estabelecidos pelo TRE e via portaria nº 8/2018 da 43ª e 18ª Zona Eleitoral que devem ser observadas pelos candidatos a deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente da república. 

As denúncias de irregularidades em campanha eleitoral podem ser feitas via site do TRE na aba cadastro de denúncia ou por meio do aplicativo “Pardal”. O aplicativo desenvolvido pela Justiça Eleitoral tem versão que pode ser baixada gratuitamente em smartphones e tablets e é a ferramenta mais indicada para o cidadão denunciar irregularidades no processo. 

O TSE divulgou que em todo o Centro-Oeste são, o Pardal possui 1.544 denúncias. 

Em todo o país até ao momento são 10.275 denúncias via Pardal. 



Fonte: Dourados News



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  13/12/2018
Naviraí - Prefeitura mais uma vez antecipa e quita 100% do 13º Sal  [...]
POLíCIA  13/12/2018
Ladrão invade casa para roubar e obriga estudante a amarrar mãe an  [...]
GERAL  13/12/2018
Educação infantil está estagnada no país, conclui avaliação da  [...]
GERAL  13/12/2018
Renda agropecuária de MS fecha ano em R$ 32 milhões
GERAL  13/12/2018
Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909