Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

QUARTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

21 de OUTUBRO de 2018

Polícia evita feminicídio e prende homem em Nova Andradina

Foto: Divulgação/ABC Color)

O 8º Batalhão de Nova Andradina, através da equipe rádio patrulha, prendeu na madrugada de ontem, sábado (20), um homem de 21 anos por porte ilegal de arma e prática de violência doméstica.

A equipe policial foi acionada via central 190, diante da denúncia de que na rua Anaurilândia, um homem havia atirado em sua companheira. No local os policiais fizeram contato e indagaram sobre a denúncia e a vítima relatou que era uma discussão de casal e mostrou uma perfuração na coxa próxima à virilha, provocada por uma facada desferida pelo marido.

A equipe perguntou ainda sobre a arma citada na denúncia, e a vitima disse que seu companheiro possui uma arma e só não usou porque não estava funcionando. A mulher mostrou o local onde a arma estava guardada e os policiais encontraram uma espingarda de pressão desmontada com bitola modificada para receber munição real de calibre .22. Juntamente com a arma foi encontrado um pote com 64 munições de calibre .22, e ainda duas facas.

O jovem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia juntamente com arma e munições encontradas e a vítima foi para o Hospital Regional para atendimento médico.

Graças a denúncia e a rapidez no atendimento, a Polícia Militar obteve êxito em prender o agressor e evitar que ocorresse um feminicídio. O comandante do 8º BPM conclama a todas as pessoas que tem conhecimento de algum caso de violência doméstica ou que flagrarem o ato sendo praticado que faça a denúncia imediatamente via 190 ou ainda através do Programa Mulher Segura no telefone 3449 1712.

" A violência contra a mulher tem que ser erradicada, e só conseguiremos se quebrarmos o ciclo da violência e para isso precisamos da ajuda de toda a sociedade. Muitas vezes a vítima não consegue sair desse ciclo por diversos fatores, e para isso buscamos através do Programa Mulher Segura e da rede de enfrentamento à violência contra a mulher auxiliar essas mulheres, mas para que isso aconteça precisamos ter conhecimento desses casos, que virá através das denúncias" informa o Tenente Coronel Josafá Pereira Dominoni.



Fonte: Dourados Agora



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  14/11/2018
Cerca de 230 mil carros devem passar pela BR-163 durante feriado pro  [...]
POLíCIA  14/11/2018
Operação contra o tráfico nas escolas prende 47 em Mato Grosso do  [...]
POLíCIA  14/11/2018
Casal é preso com 30 quilos de cocaína em fundo falso de veículo  [...]
GERAL  14/11/2018
Salário mínimo pode ficar acima dos R$ 1.006 previstos para 2019  [...]
GERAL  13/11/2018
Projeto prevê que poder público informe sobre radares eletrônicos  [...]

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909