Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

QUINTA-FEIRA, 15 DE NOVEMBRO DE 2018

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

08 de NOVEMBRO de 2018

Menino que levou arma para escola foi ‘desafiado’ em jogo por colegas

O menino de 9 anos que levou uma arma para a escola onde estuda, no dia 17 de outubro, teria sido ‘desafiado’ em um jogo entre coleguinhas de classe. A informação está em laudo psicossocial aplicado na criança. Ele teria ditos aos amigos que o pai era agente.

Segundo o delegado que cuida do caso, Mário Donizete, o menino teria esperado os pais saírem de casa, pegou as chaves da gaveta onde o pai guardava a arma, pegou o armamento e colocou o carregador – a arma estava sem o carregador. Neste momento, a criança estaria sob os cuidados de uma empregada.

Para Donizete, o relato do menino inocenta o pai. “Salvo melhor juízo, mas o juiz pode ter outro entendimento”, disse. Na próxima semana o inquérito deverá ser encerrado e enviado à Justiça.

Os pais ainda não foram ouvidos pela polícia, que já ouviu alguns professores que relataram apenas os fatos no momento em que aconteceu o incidente.

No dia 17 de outubro, o menino levou uma arma escondida na lancheira para a escola, e ele acabou ferido com um tiro na perna depois da arma disparar acidentalmente.  Ele foi socorrido pelo Samu e levado para a Santa Casa para atendimento médico.

A escola emitiu uma nota afirmando, “O Colégio Adventista Jardim dos Estados informa que na tarde desta quarta-feira, 17, um aluno do ensino fundamental, sem consentimento e conhecimento dos pais e da própria escola, entrou com uma arma, dentro da sua lancheira. Esta, ainda ali, disparou, atingindo o próprio membro inferior do próprio aluno.

Imediatamente, foi chamado socorro médico para o aluno e os demais colegas foram encaminhados para outra sala, onde ficaram em segurança. A escola lamenta o ocorrido e está prestando a assistência necessária à criança, à família e à polícia na investigação.

A segurança e bem-estar emocional dos alunos é preocupação primordial neste momento. As aulas devem seguir normalmente a partir de amanhã. Os alunos que presenciaram o ocorrido e todos os que sentirem necessidade terão atendimento psicológico”.



Fonte: Midia Max



» VEJA TAMBÉM!
POLíCIA  14/11/2018
Vereador de Eldorado morre em acidente de trânsito na BR-163 próxi  [...]
GERAL  14/11/2018
Justiça Federal condena Nelsinho por totens em obras com recursos f  [...]
GERAL  14/11/2018
Cuba abandona Mais Médicos após críticas de Bolsonaro
POLíCIA  14/11/2018
Falta de tecnologia impede simulação 3D de caso de agente que mato  [...]
GERAL  14/11/2018
Previdência alerta para novo golpe de estelionatários

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909