Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 20 DE OUTUBRO DE 2020
28 de SETEMBRO de 2020

Operação Pantanal II tenta impedir o avanço das chamas na região do Amolar

Nesta segunda-feira (28), a Operação Pantanal II, que tenta controlar os focos de incêndios florestais que aumentam no entorno da Serra do Amolar, passa a contar com duas aeronaves.

Um helicóptero do ICMbio e um Air Tractor, contratados pelo Estado, vão combater o fogo com lançamentos de água.

A Operação reúne bombeiros de Mato Grosso do Sul e do Paraná, brigadistas do Ibama, ICMbio, e de organizações não-governamentais.

Com incêndios avançando há três dias pela vegetação nativa da Reserva Particular do Patrimômio Natural (RPPN) Eliezer Batista, o esforço para eliminar as chamas se concentrará na linha de fogo.

Na tarde de domingo (27), os bombeiros e brigadistas, que totalizam 35 homens, iniciaram uma nova estratégia para controlar os incêndios e impedir que cheguem à morraria do Amolar, que correm risco de avançar para outras duas unidades de conservação.

 
 

Ajuda aérea

Os coordenadores da Operação e técnicos do Instituto Homem Pantaneiro (IHP), ONG que administra a Eliezer Batista, estabeleceram uma ação na região entre as baias do Mandiore e Taquaral, com uma linha negra de fogo.

“Se o fogo atingir o topo da morraria pode se tornar incontrolável, avançando por uma área de reservas que somam 70 mil hectares”, alerta Ângelo Rabelo, diretor do IHP. “Vamos proteger a serra enquanto o vento norte segura o fogo.”

O avião Air Tractor, iniciou sua operação na tarde de domingo, como parte da nova estratégia, lançando água na linha de fogo que ameaça as unidades de conservação.

A partir do dia 28, o helicóptero do ICMbio, integra a operação com bolsas para lançamento de água, que irão reabastecer na Serra Negra — área que faz parte da rede de proteção e conservação da Serra do Amolar.

 
 

Famílias ribeirinhas

Estas ações de combate e controle dos focos de calor no Amolar já duram uma semana. A prioridade dos bombeiros foi proteger as comunidades ribeirinhas das margens do Rio Paraguai.

Onde o fogo há alguns dias, ameaçou algumas residências, obrigando as famílias que habitavam na região, se deslocarem para uma escola municipal.

A Operação conta com o apoio de todas as reservas, hospedando os bombeiros, cedendo barcos e voluntários.



Fonte: Correio do Estado



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  20/10/2020
INSS define como comprovar vida de beneficiário que mora no exterior
GERAL  20/10/2020
Estado prevê R$ 477 mil para projetar complementação do Hospital Regional
GERAL  20/10/2020
Construtora deve indenizar proprietário de apartamento novo com pisos rachados
GERAL  20/10/2020
Projeto de Marçal cria campanha de incentivo à vacinação em MS
GERAL  20/10/2020
Caixa paga auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família nesta terça
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909