Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 25 DE JANEIRO DE 2021
01 de MARÇO de 2019

SES confirma segunda morte causada pela dengue em Mato Grosso do Sul

A SES (Secretaria de Estado de Educação) informou nesta sexta-feira (1) a morte de um idoso de 72 anos decorrente de um caso de dengue em Campo Grande, no dia 27 de janeiro. Este foi o segundo caso confirmado de morte pela doença transmitida pelo Aedes Aegypti em Mato Grosso do Sul.

De acordo com informações da Secretaria, o idoso era morador de Campo Grande e teve acompanhamento por cinco dias, até que a dengue evoluiu para uma insuficiência respiratória grave. O idoso foi encaminhado para a Santa Casa no dia 25 de janeiro e faleceu no dia 27 de janeiro. O paciente também sofria de hipertensão. A outra morte registrada por dengue aconteceu na cidade de Três Lagoas, segundo lugar no ranking de  casos da doença em MS. “[A morte do idoso] cronologicamente foi a primeira. Morte confirmada, foi a segunda pois houve o óbito em Três Lagoas”, informou a SES.

Já a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) explica que a análise preliminar da sorologia apresentou positivo para dengue. Entretanto, estão sendo investigadas outras possibilidades, pois o paciente sofria de outras complicações.

Dengue em MS

O Boletim Epidemiológico da SES mostra que a cidade de Campo Grande deixa de ter méda incidência e passa a ficar em alerta contr aa dengue. Agora a Capital têm um índice de alta incidência de notificações de dengue, com 403 suspeitas a cada 100 mil habitantes.

A cidade de Figueirão está no primeiro lugar no índice de incidência de dengue, de acordo com o relatório da SES. Foram 68 casos registrados em uma população de menos de 3 mil habitantes.



Fonte: Midia Max



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  25/01/2021
Segundo dia de Enem tem abstenção de 55,3%, índice maior que no primeiro dia de prova
GERAL  25/01/2021
Inscrições para o Encceja 2020 se encerram nesta segunda
POLíCIA  25/01/2021
Homem mata esposa e comete suicídio em fazenda na fronteira de MS
GERAL  25/01/2021
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos
POLíCIA  24/01/2021
Chefão preso na fronteira de MS é o 3º narcotraficante mais procurado do Paraguai
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909