Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 20 DE OUTUBRO DE 2020
28 de SETEMBRO de 2020

Sanesul tem cinco empresas interessadas no projeto de parceria público-privada

Com leilão agendado para o dia 23 de outubro, cinco empresas estão interessadas no projeto de parceria público-privada (PPP) da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul). 

Conforme a gestão estadual, a intenção é a de que Mato Grosso do Sul, com a parceria, seja um dos primeiros estados a atingir a universalização do esgotamento sanitário. São previstos investimentos da ordem de R$ 4,5 bilhões.  

Correio do Estado apurou que são cinco grandes empresas interessadas em administrar a Sanesul. 

Entre elas, está a Aegea, consórcio que atua no ramo de saneamento básico e engenharia ambiental e controla a Águas Guariroba, dona da concessão e responsável pelo tratamento e distribuição de água, além da coleta e tratamento de esgoto em Campo Grande.  

A empresa atua em 57 cidades do País e registrou lucro líquido de R$ 294,4 milhões em 2019, um crescimento de 67,1% na comparação com o ano anterior.

Outra que disputa o comando da empresa de saneamento é o Grupo Andrade Gutierrez. 

Com faturamento estimado em R$ 4,5 bilhões, é um conglomerado de empresas que atua nas áreas de engenharia, concessão de serviços públicos, geração de energia, telecomunicações e saneamento básico. 

Além do Brasil, atua em outros países da América Latina, nos EUA, na Europa e na África.  

A terceira concorrente, conforme apurado pelo Correio do Estado, é a BRK Ambiental, braço do grupo canadense Brookfield. 

Maior empresa privada de saneamento do Brasil, atua em mais de 100 municípios do País. Registrou receita líquida de R$ 2,3 bilhões em 2019, crescimento de 17% em relação ao ano anterior.

Na disputa ainda concorrem outras duas empresas, o grupo Iguá, que tem a concessão de Cuiabá (MT), e um grupo que atua na China.  

Questionado sobre os interessados, o secretário de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Eduardo Riedel, disse que há realmente vários interessados, sem confirmar nomes. 

“Tem um volume importante de interessados, mas nós só saberemos quantos e de maneira concreta depois deles apresentarem toda a documentação solicitada pela Bolsa de Valores”, explicou.

 
 

LEILÃO

O leilão está agendado para o dia 23 de outubro de 2020, conforme o secretário estadual. 

“A gente tem um rito em andamento. Até o dia 17 de outubro, os interessados têm de apresentar a documentação na B3 [Bolsa de Valores]. Então nós temos de aguardar: recebemos muitas perguntas, dentro do prazo estipulado para tirar dúvidas, de várias empresas, de vários consórcios de empresas com experiência e de novos atores", disse Riedel.

"É isso que a gente gostaria de ver, um projeto que suscitasse o interesse do mercado por meio dessas empresas. Para que a gente possa dar continuidade a um dos maiores projetos da história de Mato Grosso do Sul, extremamente ousado em relação a universalizar o saneamento básico do Estado”, considerou.  

No dia 11 de agosto, o governo do Estado apresentou, no Roadshow Virtual da Bolsa de Valores, o projeto de PPP da Sanesul. 

Durante a conferência virtual, o diretor-presidente da empresa, Walter Carneiro, confirmou que cinco grupos já visitaram as estruturas da companhia, com interesse em participar do leilão.  

“Temos cinco players conhecendo a estrutura de Mato Grosso do Sul. A impressão das visitas é das melhores possíveis, só temos ouvido elogios sobre o trabalho e a estrutura. Esse projeto vai ser um sucesso. Os números são interessantes tanto para a companhia quanto para o mercado”, afirmou Carneiro durante a live.

EDITAL

A publicação do edital para o projeto de parceria público-privada da Sanesul foi realizada no dia 15 de junho. 

A modalidade do edital de licitação é de concorrência administrativa, e o objetivo é fazer com que a empresa vencedora faça investimentos de pelo menos R$ 4,5 bilhões, ao longo dos próximos 30 anos, nos 68 municípios atendidos pela Sanesul.  

“É um dos grandes legados que vamos deixar para Mato Grosso do Sul, com uma representação de ordem econômica, social e ambiental sem precedentes. Sair de 46% de cobertura de esgotamento para a universalização tem um impacto gigante. Na área econômica, são R$ 1,7 bilhão nos próximos 10 anos em investimentos e geração direta de empregos”, disse o secretário Eduardo Riedel.

A licitação será feita por meio da B3. Segundo o governador, Reinaldo Azambuja, a pauta de desenvolvimento socioeconômico vem sendo construída desde 2015, quando o Estado criou o Programa Estadual de Parcerias Estratégicas para o Desenvolvimento de Infraestrutura.  

“A PPP do esgotamento vai levar a universalização para os 68 municípios. Com isso, temos aumento do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e da saúde da população e estamos alinhados com o marco regulatório. Em 2015, nós tínhamos 34% das residências com esgotamento sanitário, e essa PPP vai permitir a gente universalizar. Teremos 100% de coleta e tratamento nas cidades que estão sob concessão da Sanesul. Isso é um ganho extraordinário, é levar saneamento, qualidade de vida e saúde para a população”, ressaltou o governador.  

UNIVERSALIZAÇÃO

Conforme a gestão estadual, a meta do projeto é atingir a universalização do sistema de esgotamento sanitário, com 98% de cobertura, em até 10 anos, por meio de obras e serviços de implantação, recuperação, manutenção e operação da infraestrutura de esgotamento sanitário. 

A cobertura está oito pontos acima do que preconiza o marco legal do saneamento básico, sancionado pelo governo federal em julho deste ano.  

A previsão é de que, durante os 30 anos de concessão, sejam investidos R$ 4,5 bilhões pela iniciativa privada, sendo aproximadamente R$ 1,7 bilhão em obras e R$ 2,8 bilhões na operação e na manutenção do sistema de esgoto.



Fonte: Correio do Estado



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  20/10/2020
Estado prevê R$ 477 mil para projetar complementação do Hospital Regional
GERAL  20/10/2020
Construtora deve indenizar proprietário de apartamento novo com pisos rachados
GERAL  20/10/2020
Projeto de Marçal cria campanha de incentivo à vacinação em MS
GERAL  20/10/2020
Caixa paga auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família nesta terça
GERAL  20/10/2020
Ministro Paulo Guedes volta a enfatizar necessidade de acelerar privatizações
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909