Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 06 DE MAIO DE 2021
03 de MAIO de 2021

Advogado preso por assassinato de mulher passa mal em delegacia

Momento em os investigadores foram até a residência do suspeito e o prendeu no final da manhã de ontem, domingo.Foto - Marcos Donzeli

 

O advogado Alexandre França Pessoa, 42 anos, preso temporariamente na manhã de ontem, domingo (2)  por suspeita de envolvimento no assassinato de Fernanda Daniele de Paula Ribeiro dos Santos, de 36 anos, teve uma crise de hipertensão na delegacia e foi levado para o Hospital da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Mato Grosso do Sul), onde ficou em observação sob escolta policial.

A prisão dele foi em Nova Andradina, cidade vizinha a Batayporã, onde a vítima foi achada morta, à beira da MS-276, entre as duas cidades, na manhã da última quinta-feira (29). A defesa do suspeito, Júlio César Evangelista Fernandes, disse em entrevista que a prisão de seu cliente foi desnecessária.

“Ainda não tive acesso aos autos do inquérito, estou aguardando cópia para impetrar habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça. Ele não está atrapalhando a investigação. Foi passivo durante buscas e apreensão em sua casa e durante a prisão também. Essa prisão de nada contribui. Ele não tem perfil homicida”, pontuou.

A defesa confirmou que Alexandre tinha relacionamento com a vítima desde 2019. “Era público e notório o relacionamento dos dois”, completou.

Imagens de câmeras de segurança, já em mãos da Polícia Civil, estão entre os elementos de prova obtidos conta o advogado.

Ainda não há detalhes sobre as circunstâncias do crime e a motivação, tampouco se o enquadramento será por feminicídio. O corpo da vítima tinha um corte profundo no pescoço. Os sinais eram de que a morte ocorreu em outro lugar e o cadáver foi arrastado até a plantação.

A prisão de Alexandre ocorreu um dia depois de o carro dele e o telefone celular serem apreendidos pela Polícia Civil, como parte das investigações da morte de Fernanda. Até sábado, a Polícia Civil não havia encontrado o telefone dela, mas um notebook da vítima permitiu localizar conversas travadas antes do crime, levando ao suspeito.

 



Fonte: Campo Grande News



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  05/05/2021
Presos em desmanche de carros furtados têm liberdade concedida pela Justiça
GERAL  05/05/2021
De jumento a papagaio: 70 animais são vítimas de maus-tratos em 4 meses e multas não passam de R$ 61,5 mil
GERAL  05/05/2021
Namorado vai para reabilitação e inquérito que apura morte de Anderci é prorrogado
GERAL  05/05/2021
Representantes do setor rural comemoram criação da Delegacia do Agro
GERAL  05/05/2021
Municípios de MS receberam mais de 915 mil vacinas e Sonora é o que mais imunizou
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909