Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2021
06 de OUTUBRO de 2021

Outubro mantém média de óbitos por Covid abaixo de 5

O mês de outubro segue mantendo a média móvel de mortes por complicações da Covid abaixo de 5 em Mato Grosso do Sul. No boletim epidemiológico apresentado nesta quarta-feira (6), com dados acumulados de segunda-feira (04) e terça-feira (05) foram registrados 2 óbitos, ocorridos em Campo Grande e Bela Vista, ambos no dia 1° deste mês.

Com a última atualização, a média móvel indica que ocorreram 4,1 óbitos diários na última semana. A taxa de letalidade também continua em 2,6%, e o total de sul-mato-grossenses que faleceram pelo vírus é de 9.580.

Neste mesmo período, segunda e terça-feira, foram registrados 180 novos casos no Estado. Sendo a maioria em Campo Grande (+116), Anastácio (+9) e Três Lagoas (+8). A média móvel de casos na última semana está em 153,6. A taxa de contágio se mantém estabilizada em 0.81.

Dos casos ativos, 100 são pacientes internados em unidades hospitalares do Estado. Conforme o boletim, são 39 em leitos clínicos e 61 em leitos de unidade de terapia intensiva.

A fila de espera por um leito SRAG/COVID conta com 3 pacientes, sendo 2 na Central de Regulação de Campo Grande e 1 na de Dourados.

A taxa de ocupação de leitos SUS/UTI com casos confirmados de Covid no Estado é de 10% na macrorregião de Campo Grande, 11% em Dourados, 10% em Três Lagoas e 6% em Corumbá. Já a taxa de ocupação global está abaixo de 52%.

O Vacinômetro estadual conta com 76,78% da população total de Mato Grosso do Sul com ao menos uma dose da vacina, e 59,42% com o ciclo vacinal completo. Na população adulta considerada imunizada com as duas doses ou dose única já são 77,97%. Nos adolescentes entre 12 a 17 anos, 73,82% já receberam a 1° dose do imunizante.

Durante transmissão ao vivo nesta quarta-feira, o secretário de saúde, Geraldo Resende enumerou os motivos que levaram Mato Grosso do Sul a entregar o 1° lugar da vacina para o Estado de São Paulo.

“Somos um Estado pequeno apesar das nossas riquezas não se compara ao principal estado do País. Lá também está o Butantan, e eles recebem com muita agilidade. É uma disputa do bem, que não tem um troféu. O troféu é preservar a vida das pessoas e estou novamente fazendo um desafio aos senhores prefeitos e secretários de saúde para que a gente possa recuperar através de divulgações, de busca ativa e ações para vacinar quem ainda não tomou nenhuma dose de vacina para que possamos avançar”, ponderou.

O titular da SES destacou que a próxima transmissão será somente na próxima quarta-feira (13) devido ao ponto facultativo do Dia do Servidor na sexta-feira (08) e feriado de Criação do Estado na segunda-feira (11). Caso haja alguma situação que necessite, será feita uma transmissão extraordinária.



Fonte: Ligado na Notícia



» VEJA TAMBÉM!
POLíCIA  22/10/2021
Nova suspeita de explosão de bombas mobiliza Polícia no parque dos Ipês
POLíCIA  22/10/2021
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
POLíCIA  22/10/2021
Casal e amigo são presos com 24 quilos de cocaína onde moravam com criança de 1 ano
POLíCIA  22/10/2021
Marceneiro é sequestrado e passa 16h amarrado em matagal
POLíCIA  22/10/2021
‘Aqui é 1533’: homem agride com socos dono de motel ao se recusar a pagar conta
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909