Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2021
13 de OUTUBRO de 2021

Policial paraguaio é executado a tiros em Pedro Juan

Policial morto dentro do próprio veículo. (Foto: Direto das Ruas)

Mais um policial foi morto ontem, a tiros por pistoleiros na fronteira do Brasil com o Paraguai. O suboficial Hugo Ronaldo Acosta, de 32 anos, estava em um veículo Voyage que foi alvejado por dois homens na noite de ontem, na Rua Palma, em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã.

Hugo era lotado na 10ª delegacia de Bella Vista, PY. Logo após o atentado um veículo, que possivelmente foi usado pelos atiradores foi encontrado em chamas no bairro de María Auxiliadora.

Hugo foi morto com 36 disparos de pistola 9 milímetros. Após o atentado a tiros, o policial ainda teve uma arma levada de dentro do veículo.

O celular do policial também será periciado em busca de alguma pista sobre as circunstâncias do ataque.

O 1º ataque foi na manhã de ontem, onde  policial conhecido como Pastor Miltos Duarte também foi assassinado em Karapai, cidade paraguaia a cerca de 60 km de Ponta Porã (MS). Ele estava em casa e foi atingido por tiros no tórax.

Segundo a polícia, Duarte era "compadre" de Carlos Rubén Sánchez Garcete, o “Chicharõ”, executado por pistoleiros em agosto deste ano, em Pedro Juan Caballero, na fronteira seca com Mato Grosso do Sul.



Fonte: Campo Grande News



» VEJA TAMBÉM!
POLíCIA  22/10/2021
Nova suspeita de explosão de bombas mobiliza Polícia no parque dos Ipês
POLíCIA  22/10/2021
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
POLíCIA  22/10/2021
Casal e amigo são presos com 24 quilos de cocaína onde moravam com criança de 1 ano
POLíCIA  22/10/2021
Marceneiro é sequestrado e passa 16h amarrado em matagal
POLíCIA  22/10/2021
‘Aqui é 1533’: homem agride com socos dono de motel ao se recusar a pagar conta
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909