Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 29 DE NOVEMBRO DE 2021
22 de NOVEMBRO de 2021

Exames de retinopatia diabética aumentaram em MS

Exames de retinopatia diabética aumentaram em MS após ampla cobertura vacinal contra Covid-19 - Agência Brasil

A retomada gradual possibilitada pela cobertura vacinal contra Covid-19 teve reflexo positivo nos procedimentos oftalmológicos. 

Segundo dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), de janeiro a setembro de 2021, Mato Grosso do Sul realizou 21.444 exames de diagnósticos para retinopatia diabética.

No mesmo período de 2020 o índice foi de 14.817. Portanto, com o abrandamento da pandemia foram registrados 6.627 exames a mais para diagnosticar a doença. 

Ainda de acordo com o levantamento, o índice é favorável, porém, não superou o patamar de atendimentos de 2019, período de pré-pandemia, quando a soma foi de 46.232 testes desse tipo. 

José Beniz Neto, presidente da CBO, afirma que a vacinação deixou as pessoas mais seguras de irem a lugares como hospitais e consultas de rotina. 

"A população se sente cada vez mais segura. Com isso, o temor de ir a um serviço de saúde por receio de se contaminar com o coronavírus deixa de ser um problema maior", ressalta Beniz Neto.

Cenário nacional 

De acordo com dados, no país  houve um crescimento de 46% na produtividade dos exames para diagnóstico de retinopatia diabética em 2021 com relação a 2020.

De janeiro a setembro de 2021 foram realizados mais de 5.569.661 de procedimentos deste tipo, o número é maior que o realizado no mesmo período de 2020, quando o índice chegou a 3.810.020, mais ainda abaixo do registrado em 2019.  

Considerando a produção dos dois anos foram feitos 2.329.989 procedimentos a menos. Apenas o exame de mapeamento de retina corresponde a 51% deste total. 

Regiões 

As regiões que mais registraram realização de exames para retinopatia diabética foram o Norte, com 88% de cobertura, Centro-Oeste, registrando 80% e Nordeste com 50%. Em seguida estão Sudeste, com aumento de 43% e Sul com 34%. 

Contudo, nas três regiões mais populosas, os indicadores continuam abaixo do que foi registrado no início da pandemia. No Sudeste o déficit é de -6%, no Sul é de -7% e no Nordeste essa baixa chegou a -17%.

Em 2021, as três regiões produziram 464.163 mil exames para retinopatia diabética a menos do que em 2019. Na comparação com 2020, a produção de janeiro a setembro deste ano foi inferior em 1.452.824 procedimentos.



Fonte: Correio do Estado



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  29/11/2021
Polícia identifica homem que ficou gravemente ferido após bater em carreta
POLíCIA  29/11/2021
Douradense perde quase R$ 3 mil em golpe de falsa consultoria
GERAL  29/11/2021
Réus por incêndio na boate Kiss começam a ser julgados na quarta-feira
GERAL  29/11/2021
Governo autoriza compra de 2 helicópteros no valor de R$ 63 milhões
POLíCIA  29/11/2021
Conta de energia atrasada em MS pode ser paga com desconto de 40% e em até 24 vezes
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909