Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 29 DE NOVEMBRO DE 2021
25 de NOVEMBRO de 2021

Operação mira esquema de lavagem de dinheiro em cinco cidades de Mato Grosso do Sul

Ao todo, durante as investigações, 26 pessoas foram presas dentre membros da organização criminosa e traficantes - Crédito: Divulgação/ Polícia Civil

Foi desencadeada na manhã desta quinta-feira (25), a 4 fase da Operação “Importunus” que visa desarticular esquema de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro de uma organização criminosa que atua dentro e fora de presídios em Mato Grosso do Sul. A Polícia Civil encaminha ações em Bataguassu, Campo Grande, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste e em Três Lagoas. 

Nesta fase, estão sendo cumpridos 7 mandados de prisão preventiva em Campo Grande, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Três Lagoas, além de 12 mandados de busca e apreensão nos municípios de Bataguassu, Santa Rita do Pardo e no Estabelecimento Penal de Três Lagoas.

Dentre os mandados de prisão preventiva, dois estão sendo cumpridos no Estabelecimento Penal da Gameleira em Campo Grande e um no Estabelecimento penal de Três Lagoas, sendo este último em face do líder da célula da organização criminosa, que seria o responsável por promover, organizar e dirigir a atividade dos demais membros da organização criminosa de dentro do Presídio de Três Lagoas. Também estão sendo cumpridas simultaneamente, ordens judiciais de bloqueio e sequestro de contas bancárias utilizadas pela organização criminosa para movimentar o dinheiro do tráfico.

No decorrer da operação foram localizadas grande quantidade de maconha, cocaína e droga sintética K4. Cinco pessoas ligadas ao tráfico de entorpecentes foram presas em flagrante.

A Polícia Civil informou que foram sete meses de investigação, sendo possível identificar e prender 11 integrantes da organização criminosa que atuava na promoção e associação para o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro nos municípios de Bataguassu e Santa Rita do Pardo. Também foram presas outras 15 pessoas que atuavam paralelamente ao grupo criminoso adquirindo drogas com a organização criminosa para venda nas cidades de Santa Rita do Pardo e Bataguassu.

Ao todo, durante as investigações, 26 pessoas foram presas dentre membros da organização criminosa e traficantes. Houve ainda a efetivação de bloqueios de contas bancárias utilizadas pela organização para a movimentação do dinheiro proveniente do comércio de drogas.

A operação foi coordenada pelo delegado titular da delegacia de Anaurilândia, Robson Ferraz Gonçalves e contou com a participação de 52 policiais civis, dentre delegados, escrivães e investigadores, lotados nas delegacias de Anaurilândia, Bataguassu, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, SIG de Nova Andradina, Batayporã, Angélica, Taquarussu, Ivinhema, São Gabriel do Oeste, SIG e 2DP de Três Lagoas, Garras e Dracco/Campo Grande, além do apoio da Polícia Penal de Três Lagoas.

 

A operação desencadeada hoje está inserida dentro da “Operação Boas Festas” promovida pela Polícia Civil, com o objetivo de retirar criminosos de circulação e aumentar a segurança da população durante as festas de final de ano.



Fonte: Dourados News



» VEJA TAMBÉM!
GERAL  29/11/2021
Polícia identifica homem que ficou gravemente ferido após bater em carreta
POLíCIA  29/11/2021
Douradense perde quase R$ 3 mil em golpe de falsa consultoria
GERAL  29/11/2021
Réus por incêndio na boate Kiss começam a ser julgados na quarta-feira
GERAL  29/11/2021
Governo autoriza compra de 2 helicópteros no valor de R$ 63 milhões
POLíCIA  29/11/2021
Conta de energia atrasada em MS pode ser paga com desconto de 40% e em até 24 vezes
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909