Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2022
19 de JUNHO de 2022

Giro do Milho: 160 veículos percorrem trajeto em meio a fazendas de Naviraí

160 veículos que rodaram mais de 140 quilômetros pelas lavouras na região de Naviraí(Fotos: Assessoria Copasul)

Uma semana após a realização do Dia de Campo da Mandioca a Copasul realizou o 10º Giro do Milho da cooperativa que superou as expectativas e contou com a participação de mais de 400 espectadores e 160 veículos que rodaram mais de 140 quilômetros pelas lavouras na região de Naviraí, conhecendo de perto a realidade da safra do milho, principalmente com relação a um grande desafio que aparece, a cigarrinha.

O início aconteceu na fazenda Nossa Senhora Aparecida, do Grupo Fragnan. Na sequência, os participantes puderam ouvir a explicação de pelo menos 15 empresas parceiras que apresentaram 40 materiais de milho plantados na fazenda. Depois destes momentos os carros iniciaram o giro, saindo da fazenda Nossa Senhora, passando pelo Silos Takehara, na região do Porto Caiuá, subindo ao norte passando pela fazenda Vaca Branca até a fazenda Santa Cruz, do Grupo Stobienia.

Na fazenda Santa Cruz, aconteceu o almoço seguido da palestra técnica do consultor André Aguirre, com o tema "Fisiologia do Milho e Diagnóstico de Doenças e Viroses". O pesquisador trouxe importantes informações a todos presentes e recebeu elogios. O giro técnico pelas fazendas continuou após a palestra, rumando a oeste, descendo até a fazenda Marialva, do Grupo Antonini, onde o giro terminou.

"Nossa expectativa inicial era receber de 80 a 100 carros e tivemos bastante participação. Foi um evento de sucesso e tivemos mais de 400 pessoas participaram. Os materiais de milho, as informações foram muito relevantes e a gente está bem contente", disse o agrônomo Maicon Jorge, um dos responsáveis pela organização.

Tema central do evento, o ataque das cigarrinhas nas lavouras de milho foi tratado pelo professor André Aguirre que destacou a preocupação da cooperativa em trazer este assunto e deu uma dica básica sobre o que fazer. "É muito importante uma rodada como esta, para ele ver várias situações de plantio, o produtor percebe várias informações que vão ajudar ele. Um das dicas importantes é a diversificação dos híbridos. As doenças, as pragas vão selecionando e vem com força. É importante diversificar com materiais que são bons", disse o professor.

O produtor Vinicius Volpon destacou o desafio nas lavouras com a nova "inimiga" e também elogiou o evento e a palestra. "Muito interessante um evento como este. Benéfico para os produtores e muito importante para nos aproximarmos da cooperativa. O André entende do assunto da cigarrinha e ele falou coisas importantes pra agregar para o produtor", disse.

Outro produtor que tem sido frequente nos eventos da Copasul, Murilo Nascimbeni, destacou o desafio que tem sido enfrentar a cigarrinha. "Este ano foi o grande desafio pra gente. Está difícil, dá um pouco de medo, mas a gente tem momentos como estes para saber o que decidir e como enfrentar este problema", disse.

O gerente corporativo do departamento agronômico, Anderson Luis Guido, resumiu o que foi o evento. "O 10° Giro do Milho superou as expectativas de público. Visitamos regiões que a maioria dos produtores não conheciam e eles puderam ver a boa safra que vem. Temos áreas prejudicadas com a cigarrinha, temos, mas temos muita informação de qualidade para que a próxima safra seja de maiores vitórias. As cartas estão na mesa, é só saber jogar. Planejar. Agradeço a todos da equipe que fizeram este evento, isto é cooperativismo", disse.

A edição mais recente do Giro do Milho aconteceu em junho de 2019. Centenas de participantes percorreram trajeto iniciado na região do Silos Itaquiraí, passando pela fazenda Vaca Branca, NPP Agropecuária até chegar na fazenda Marialva.

A Copasul

Fundada no ano de 1978 em Naviraí, a Copasul - Cooperativa Agrícola Sul-Mato-Grossense tem 43 anos de história. Formada por mais de 2 mil cooperados, é fruto da visão futurista e empreendedora que começou com 27 cotonicultores. Com a missão de promover o fortalecimento e crescimento de cooperados, busca atender com excelência para garantir a satisfação dos clientes associados. A atuação está na assistência técnica, no fornecimento de insumos, recebimento, padronização e comercialização de grãos, beneficiamento de algodão, fornecimento de diesel, equipamentos para irrigação de precisão e energia solar, além de duas indústrias: Fecularia e Fiação de algodão.

Em 2021, a Copasul faturou R$ 3,2 bilhões e tem sido colocada como a maior cooperativa de MS e entre as maiores do país. Com atuação em 10 municípios, possui 19 unidades, das quais dez são de recebimento de grãos em Naviraí, Maracaju, Anaurilândia, Deodápolis, Novo Horizonte do Sul, Itaquiraí, Batayporã e Ivinhema. Em Ribas do Rio Pardo a Copasul mantém uma revenda de irrigação e em Nova Andradina um escritório e CD de Insumos.

Visite o site e saiba mais: www.copasul.coop.br.



Fonte: Assessoria / Copasul



» VEJA TAMBÉM!
POLíCIA  27/06/2022
Policial ferido em confronto com indígenas na sexta ainda aguarda cirurgia, diz Choque
GERAL  27/06/2022
Motociclista morre após bater em caminhonete e ter corpo "dilacerado"
POLíCIA  27/06/2022
Vítimas fatais de colisão frontal em Corumbá eram pai e filha
POLíCIA  27/06/2022
Idosa que visitava filho é flagrada com drogas na PED
POLíCIA  27/06/2022
Naviraí-Polícia Militar reforça policiamento as áreas rurais
Untitled Document
TáNaMídia Naviraí
Editor: Umberto Cardoso (Zum)
E-mail: zum@tanamidianavirai.com.br
Endereço: R. Jamil Salem, 27 CENTRO
Naviraí - MS - Brasil
+55 67 9956-1909